Termo de garantia para demais Marcas


Você acaba de adquirir um produto de alta qualidade. Ter um pneu adquirido no Atacadão Pneus em seu automóvel é a certeza de estar rodando com a mais avançada tecnologia para pneus novos. Para que você possa usufruir de tal garantia de fabrica e para sua maior segurança é essencial a leitura desse certificado, bem como seguir rigorosamente todas as suas orientações.

Atenção: Para adquirir o pneu com a medida mais adequada ao seu automóvel, consulte antes o manual do proprietário de seu veículo.

RECOMENDAÇÕES DO USO

MANUTENÇÃO MECÂNICA PEDIÓDICA

Muitos componentes mecânicos do veículo podem interferir no desempenho dos pneus. Amortecedores , rolamentos, freios e eixos, por exemplo, agem diretamente sobre eles.
 
BALANCEAMENTO DAS RODAS

Rodas desbalanceadas e amassadas, causam desgastes acentuados nos pneus. Deve-se consertar e balancear as rodas:

  • - Nas trocas, rodizio ou conserto de pneus;
  • - Sempre que surgirem vibrações;
  • - A cada 5.000 Km rodados.

 

ALINHAMENTO DE DIREÇÃO

Desvios mecânicos além de desgastar os pneus deixam o veículo bastante instável. Deve-se alinhar o veículo:

  • - Sempre que estiver "puxando" para determinado lado;
  • - Quando sofrer impactos na suspensão;
  • - Quando houver desgaste do pneu de forma cônica e lisa, mas acentuado no ombro externo e interno do pneu;
  • - Na troca ou consertos dos pneus;
  • - Sempre que o veículo apresentar instabilidade;
  • - Na substituição de componentes da suspensão;
  • - Direção pesada;
  • - A cada 5.000 Km rodados;
 
CONTROLE DE PRESSÃO

Quando a pressão de um pneu estiver acima ou abaixo da recomendada, comprometera tanto a estabilidade nas curvas como a aderência nas pistas molhadas e o desgaste prematuro dos pneus. Controle as pressões:
  • - Somente com pneus frios;
  • - Ao menos uma vez por semana ou antes de viajar;
  • - Coloque sempre as tampinhas nas válvulas;
  • - Nunca ajuste a pressão esvaziando pneus quentes, isso causará sérios danas na carcaça;
  • - Cuidado com calibradores desajustados.

 

RODÍZIO DE PNEUS

Para obter uma utilização uniforme dos pneus, faça rodízio a cada 5.000 Km rodados.

Verifique Periodicamente os Pneus, observando:

  • - Se apresentam algum dana em sua extensão;
  • - Se não existem pedras ou qualquer objeto encravado em seus sulcos;
  • - Se há perda de pressão;
  • - Se há rodas amassadas.

 

ATENÇÃO E PRUDÊNCIA

Ao dirigir, evite:

  • - Buracos;
  • - Subir ou roçar meio-fio (guia);
  • - Arrancada e freadas bruscas;
  • - Paradas sobre óleos ou outros derivados de petróleo;
  • - Descalibrar os pneus.


IMPORTANTE: Não respeitar todos os cuidados citados acima, comprometerá no desempenho e durabilidade de seu pneu, além de acarretar a perda da garantia de fábrica.

TERMO DE GARANTIA DE FÁBRICA

As fábricas de pneus novos no qual o Atacadão Pneus representa se responsabilizará por todos os produtos de sua fabricação, garantindo-os contra qualquer tipo de defeito procedente de sua produção, que seja constatado durante o seu uso. Exclui-se desta garantia avarias causadas por acidentes e aquelas originadas pelo uso incorreto do produto (VER RECOMENDAÇÕES DE USO).

Os pneus adquiridos no Atacadão Pneus apresentam garantia de fábrica de 03 anos, contados a partir de sua data de compra.

As eventuais reclamações procedentes serão atendidas na proporção do uso apresentado pelo pneu conforme tabela de desgaste abaixo, até o limite mínimo de profundidade dos sulcos de 1,6 mm, de acordo com a Resolução nº 55880 do CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito ).

TABELA DE DESGASTE

Profundidade do Sulco:

10 mm e acima - 100% do pneu
7,5 mm a 9,9 mm - 75% do pneu
5 mm a 7,4 mm - 50% do pneu
2,5 mm a 4,9 mm - 25% do pneu
1,6 mm a 2,4 mm - 10% do pneu

ESPECIFICAÇÕES NÃO COBERTAS PELA GARANTIA DE FÁBRICA

  • - Desrespeito ás recomendações supracitadas quanto ao uso do produto;
  • - Colocação ou retirada do pneu utilizando ferramentas ou processos inadequados;
  • - Uso de medida inadequada no pneu ou aro;
  • - Tipo inadequado de pneu;
  • - Problemas na suspensão dos veículos;
  • - Quebra dos cordonéis da carcaça causada por impactos em buracos ou obstáculos;
  • - Perfurações ou cortes causados por pregos, cacos de vidro, etc.;
  • - Aro mau conservado, empenado ou inadequado;
  • - Falhas na válvula do pneu;
  • - Avarias no liner interno ou talões do pneu sem câmara;
  • - Problemas nos amortecedores ( desgastes em vários pontos de circunferência do pneu);
  • - No caso de pneus que tiveram rodado murchos ou com formas de vazamento;
  • - Rodas amassadas e inadequadas;
  • - Problemas no sistema de freio;
  • - Pneu reformado, recapado, recauchutado, remoldadoou consertado sob qualquer sistema de reforma ou reparo;
  • - Pneu cuja inscrição de DOT tenha sido raspada ou corada.
 
 
 
 
 
Tecnologia
iSET - Plataforma de E-commerce para criar loja virtual
Plataforma de E-commerce para criar loja virtual